Portal do Governo Brasileiro
Início
Notícias UFSM
Atividade cultural e acadêmica homenageia William Blake

Atividade cultural e acadêmica homenageia William Blake

22/10/2013 11:31
Classificada em: Eventos

 

O Centro de Artes e Letras e o Curso de Letras, da UFSM, promove quinta (24) e sexta (25) atividades culturais e acadêmicas que homenageiam o poeta e pintor inglês William Blake (1757-1827).

Na quinta à noite, como abertura cultural do evento, haverá uma apresentação teatral e musical inspirada em "Matrimônio de Céu e Inferno" de Blake, no Theatro Treze de Maio, às 20h, sob direção da professora Mariane Magno (UFSM). Ingressos na bilheteria do teatro.

Na sexta (25), a UFSM receberá o professor Claudio Willer, poeta, crítico e tradutor, que falará sobre William Blake e o Anarquismo Místico no Ocidente, além dos pesquisadores Alcides Cardoso dos Santos (UNESP) e Juliana Steil (UFPel). O evento deste dia acontecerá no auditório Multiuso, próximo ao prédio da Reitoria, às 9h30min.

Abaixo, a programação detalhada:

2º Seminário de estudos blakeanos

Abertura

10h – Conferência com a mediação do professor Marcus de Martini - William Blake e o anarquismo místico, contando ainda com a presença do professor Claudio Willer, poeta, ensaísta e tradutor, suas últimas publicações incluem Manifestos 1964-2010 (Azougue, 2013),   Livro de Haicais de Jack Kerouac (L&PM, 2013), Um Obscuro Encanto: Gnose, Gnosticismo e Poesia (Civilização Brasileira, 2010), Geração Beat (L&PM Pocket 2009) e Lautréamont: Obra Completa (Iluminuras, 2008).

Sinopse da conferência: A Idade Média foi marcada por rebeliões religiosas, algumas ainda insuficientemente estudadas. Uma delas é a dos Irmãos do Espírito Livre, designada por Norman Cohn, em The Pursuit of the Millenium, como “anarquismo místico”, por adotarem o amor livre e desprezarem bens materiais. Teve, como mostra Cohn, entre seus continuadores os Ranters do século XVII, dissidentes ativos durante as insurreições inglesas daquele período. É possível traçar uma linha, na diacronia, ligando Irmãos do Espírito Livre, Ranters, William Blake, Walt Whitman e poetas da Geração Beat. Em William Blake, encontramos a expressão mais substanciosa, de maior densidade, dessa rebelião trans-histórica.

15h – Comunicações de Iniciação Científica

16h – Mesa Redonda "Os livros iluminados de Blake Hoje", com mediação da professora Renata de Felippe (UFSM), apresentará as conferências "Os Casamentos de Blake: uma Leitura Derridiana da Placa 1 de O Casamento do Céu e do Inferno", com o professor Alcides Cardoso dos Santos (Unesp), "Reescrevendo 'Visões da Eternidade': a Tradução da Poesia Profética de Blake nas Publicações Brasileiras mais Recentes", com a professora Juliana Steil (UFPel), e "Como Ler os Livros Iluminados de Blake?", com o professor Enéias Tavares (UFSM).

As inscrições são limitadas e podem ser feitas pelo e-mail poeticas.ufsm@gmail.com.