Portal do Governo Brasileiro
Início
Notícias UFSM
​Professor da UFSM apresenta intervenção artística no México

​Professor da UFSM apresenta intervenção artística no México

16/04/2018 08:25
Classificada em: Geral

Performance ocorreu no sábado (14)

No último sábado (14), o professor Odailso Berté, do curso de licenciatura em Dança da UFSM, apresentou a performance “Vieja Infancia” na cidade de Tenango del Aire, no México. Este trabalho marcou a abertura da exposição “Raíces”, do artista mexicano Nahum B. Zenil, na qual a performance foi inspirada, e também eventos paralelos como o 21º Encuentro Nacional de Poetas e a exposição da obra recente do artista Elígio Avilés, reunindo um público de mais de 200 pessoas.

O Espacio Cultural Rancho Tecomate Cuatolco, a casa-museu de Nahum Zenil, com seu jardim adornado por diferentes espécies de plantas, esculturas e fontes de água, foi o cenário que abrigou a performance “Vieja Infancia”, obra que tem o formato de intervenção cênica, característica de trabalhos de Berté, como o espetáculo e intervenção “FeridaCalo” (2016), apresentado em diferentes espaços do campus da UFSM e da cidade de Santa Maria.

Performance ocorreu no sábado (14)Vieja Infancia” foi inspirada na mais recente criação de Nahum B. Zenil, a série “Raíces”, e em obras da artista mexicana Frida Kahlo, que já atravessa a pesquisa e criação artística de Berté desde seu doutorado. “Vieja Infancia” não encena as obras de Zenil e Kahlo, mas, através de elementos da dança contemporânea, dança-teatro e performance, interpreta, recria e excede essas imagens através do movimento e da gestualidade, criando símbolos que provocam os espectadores a refletir, juntando-os como a um quebra-cabeças, para criar sua própria história. O público presente não permaneceu sentado e foi convidado a movimentar-se também, acompanhando os dançarinos pelos diferentes espaços dos jardins, onde a performance acontecia. Conforme a proposta dessa criação de Berté, o público integrou a obra, convertendo todo o espaço natural da casa-museu de Nahum Zenil em cenário.

A performance, que contou com a participação dos bailarinos mexicanos Maribel Ruíz e Juan Gerardo Ugalde, faz parte da pesquisa de pós-doutorado do professor Odailso, a qual ele vem realizando, durante esse ano de 2018, no Departamento de Arte da Universidad Iberoamerica na Cidade do México, sob a orientação da pesquisadora e professora Dina Comisarenco. Nesta pesquisa, Berté analisa a genealogia matricial de Frida Kahlo na obra de Nahum Zenil e em sua própria experiência de criação artística, questões estas que compõem o seu próximo livro, que será o resultado do seu pós-doutorado.

Nas próximas semanas, Odailso Berté virá ao Brasil especialmente para o lançamento do seu mais recente livro, “O movimento criativo e pedagógico de Frida Kahlo”, no qual reflete sobre o processo criativo e o processo pedagógico da artista mexicana, que, além de ter desenvolvido um instigante método de criação artística, foi uma inovadora professora de pintura. Apesar da vasta bibliografia sobre a vida e obra de Kahlo, esses fatos e elementos de sua trajetória são temas pouco explorados com a especificidade a que Berté se propõe nesse livro publicado pela Editora da UFSM. Os lançamentos serão no dia 25 de abril, no Museu Municipal José Olavo Machado, de Santo Ângelo, e no dia 28 de abril, na Feira do Livro de Santa Maria. 

Fotos: Divulgação