Portal do Governo Brasileiro
Início
Notícias UFSM
UFSM é a 2ª melhor universidade do RS e a 11ª do Brasil entre as Federais

UFSM é a 2ª melhor universidade do RS e a 11ª do Brasil entre as Federais

29/11/2017 08:28
Classificada em: Geral

O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia ligada ao Ministério da Educação, divulgou na segunda-feira (27) o Índice Geral de Cursos (IGC) das Instituições de Educação Superior (IES). No índice de 2017, a UFSM obteve a média 3,81, o que a posiciona na Faixa de IGC 4 - a escala vai até 5. Dentre as 230 IES avaliadas, a UFSM é a 14ª colocada. No âmbito das federais, a UFSM está na 11ª posição. Já no Rio Grande do Sul, apenas a UFRGS está com colocação superior.

O IGC é um indicador de qualidade das Instituições de Educação Superior e leva em conta três itens: a média dos Conceitos Preliminares de Cursos (CPCs), a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação atribuídos pela CAPES e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino.

O IGC considera o CPC dos cursos avaliados durante um ciclo do Enade, que é de três anos. Os cursos avaliados em 2016 fazem parte do Ciclo Verde, que abrange os bacharelados nas áreas de Saúde, Agrárias e áreas afins, bem como os cursos superiores de tecnologia dos eixos tecnológicos (Ambiente e Saúde, Produção Alimentícia, Recursos Naturais, Militar e Segurança). No último Ciclo Verde, a UFSM teve 17 cursos avaliados, sendo que 13 obtiveram conceito 4 e quatro receberam conceito 3.

A UFSM apresentou melhora de desempenho nos cursos das áreas do Ciclo Verde, avaliados em 2016 e em 2013. Os dados do triênio relativo ao Enade 2013, a UFSM apresentou 11 cursos com conceito 4, três cursos com conceito 3, um curso com conceito 2, além de um curso sem conceito.

Com relação aos cursos de pós-graduação, a UFSM obteve um conceito médio do mestrado de aproximadamente 4,50 e, no doutorado, de aproximadamente 4,77.

Para a Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PRPGP), o IGC é considerado um excelente indicador de avaliação institucional, pois sintetiza em um único instrumento a qualidade de cursos de graduação, mestrado e doutorado.

Com informações da Coplai/Proplan