Portal do Governo Brasileiro
Início
Notícias UFSM
​UFSM recepciona 41 estudantes intercambistas oriundos de diversos países

​UFSM recepciona 41 estudantes intercambistas oriundos de diversos países

01/03/2018 18:57
Classificada em: Geral

Xaver Hauss

Os termômetros marcavam temperaturas bem abaixo de zero quando o austríaco Xaver Hauss deixou a Itália, onde cursa a graduação em Agronomia, com destino a Santa Maria, onde foi recebido com temperaturas acima dos 30 graus. As diferenças entre os países, porém, não assustam o estudante que acaba de chegar à UFSM para um período de cinco meses de intercâmbio. Ele e outros 40 estudantes estrangeiros foram recepcionados na quarta-feira (28), pela UFSM, em evento de acolhimento promovido pela Secretaria de Apoio Internacional (SAI).

Oriundos de países da América Latina, Europa e África, os estudantes foram recebidos pela equipe da SAI, que lhes apresentou a instituição e a programação de atividades de ambientação preparadas para recepcioná-los. Em seguida, ainda ontem, os estudantes participaram de um tour pelo campus da UFSM. O acolhimento aos intercambistas segue durante esta semana com um curso de Introdução ao Português para Estrangeiros, ministrado pelo Laboratório Entrelínguas, e, no sábado (3), uma visita guiada por Santa Maria.

“Esse momento é ímpar para a vida destes estudantes e também para a nossa universidade”, avalia o professor César Finger, assessor para assuntos internacionais na UFSM. Ele informa que os estudantes são recepcionados pela universidade ainda na rodoviária ou aeroporto e recebem todo o suporte para se adaptarem ao novo país, língua e costumes. “Nós temos promovido esse evento semestralmente com o objetivo de promover o congraçamento desses alunos”, observa Finger, explicando que a SAI auxilia os intercambistas fornecendo instruções diversas, desde como abrir uma conta bancário até informações sobre o funcionamento dos correios, farmácias e hospitais dentro e fora do campus da UFSM.

A universidade recebeu 17 estudantes de pós-graduação e 24 estudantes de graduação das mais diversas áreas, desde artes e letras até cursos das ciências sociais, rurais, saúde e engenharias. A maior parte dos intercambistas de graduação fica na instituição por um semestre, enquanto parte dos pós-graduandos permanecem por mais tempo, alguns deles desenvolvendo toda sua pesquisa junto à UFSM.

Olantunji Adeyanju

O nigeriano Olantunji Adeyanju é um dos pós-graduandos recém-chegados à UFSM. Ele cursará o doutorado junto ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica. Ainda sem domínio da língua portuguesa, ele garante que tem ótimas expectativas em relação à sua estada por aqui. “Espero desenvolver uma pesquisa interessante no curso de Engenharia Elétrica. Eu escolhi o Brasil porque é um bom país para morar e a universidade é uma das melhores do Brasil na minha área”, observa Adeyanju. A possibilidade de vivenciar uma nova cultura, conhecer pessoas e expandir os horizontes também faz parte das expectativas do austríaco Hauss: “Há muitas diferenças entre o Brasil e a Europa para descobrir. Estudo Agronomia e espero que no curso também encontre diferenças”, afirmou o estudante, que quer aprender mais sobre frutas tropicais.

Os estudantes vêm para a UFSM por meio de convênios bilaterais firmados com diferentes instituições de ensino e também via projetos multilaterais, como o Programa de Alianças para a Educação e a Capacitação (Paec), resultado da cooperação entre a Organização dos Estados Americanos (OEA), a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e o Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras; a Associação de Universidades do Grupo Montevideo (AUGM), uma rede de universidade públicas da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai; e o Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G), mantido pelos ministérios da Educação e Relações Exteriores do Brasil.

Texto: Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor